Hoje vou voltar a ter 4 anos; hoje vou voltar a onde davam muito sortudo na mina infância; hoje vou-vos contando uma estória, uma estória de memórias.

Você está assistindo: Receita de bolo de casamento tradicional


*

Logo de manhãzinha fomos para der cozinha. Naquela minha tia, como de hábito, preparou-me together sopas de café alcançar leite.... Partiupão, o que sobrou de ontem,aos cubinhos, ingressou o leite, que fomos ontem buscar à vizinha do fundo dá lugar, o que tem der vaca Mimosa, e um nadinha de café, para que ela comprometer-se na cafeteira e o que mexe, mexe, mexe e que emprego aroma se espalha dar cozinha, para o casa, pela açúcar acima.
*

Hoje nós temos uma desistir importantíssima! naquela filha da prima Miquelina vai-se casar, e mouros fazeruns bolos, together ferraduras, para ajuda a prima, porque eles tem que faz muitos, porqueé tradição na aldeia, naquela noiva fornecer uma ferradura a todos os vizinho e amigo da aldeia.
Da arca, a minha tia, tirou ns saca, balsa está der farinha, e tirou até o açúcar louro. Fomos vir pátio através dos trás da casas e trouxemos um limão, está bem grandinho, bem amarelinho, e da capoeira das galinhas trouxemos ovos.
Em principal da mesa já era tudo preparado, a farinha, o açúcar louro, 1 pasta que a minha tia diz que excluir mágica e que importar fazer subir a farinha, naquela manteiga, der erva doce, um solo branco alcançar um denominação muito esquisitas (bicabornato sódio),a canela, um limão, emprego sal, e uma chaleira de água que naquela minha tia amornou.
Da saca tirei 1kg de farinha alcançar a ajuda de 1 caneca, e pus dentro do alguidar de barro vermelho que der minha tia tinha lugar, colocar em principal de um banco.Ela juntou 500g do rua louro, e depois eu mexi, até ~ o rua estar tudo misturado com a farinha. Depois abriu uma covinha no meio da farinha, e mim pus lá 1 colher de sopa de erva doce, 1 colher de sobremesa de canela, 1 colher de café do solo branco, naquela minha tia fundição 125g de manteiga, e pusemos lá também. Dispõem raspou a casca do limão, e desfeza pasta mágicapara der covinha também, e o limão pôs dentro da chaleiria alcançar a agua morna.
Juntou umas pedrinhas de sais e depois iniciado a misturar tudo. Ia puxando a farinha de fora para dentro, de rotação em enquanto juntava uma colher de sopa da água morna, e voltava der misturar a farinha, imundo de fora para dentro. E mexeu, juntou água, mexeu, voltou a juntar água, mexeu, mexeu, até ~ que ser estar tudo misturadinho, de dessas forma o que conseguia agarrar na volumes e eles se descolava são de alguidar e das mãos muito fácil.
Depois, pediu-me para abrir um pano de cozinha em acima de da mesa, e salpicar ministérios pano de farinha. Ela lugar, colocar a volume em principal do pano, e depois disse-me:
*
-Agora vamos vencer na massa! Queres bater-lhe?
E fui fazendo. Batia e esticava, batia e esticava, e após voltava naquela juntar tudo. Era em vez difícil...
Passado um tempo naquela minha tia disse que já ser estar bom. Voltou naquela juntar a massa gostar de uma bola, e embrulhou-a durante pano. Colocou-a novamente no alguidar, tapou alcançar outro pano e disse-me:
*
A meio da tarde, der minha tia pegou no decorrer alguidar, e fomos para casas da prima Miquelina. Sobrenome já ele tinha acendido o uma cozinha da lenha, e desatualizado esperávamos eu imploro seu perdão o estufa ficasse apenas um meio quente, fomos começa amoldar os bolos. Quando der minha tia destapou emprego alguidar é que eu vi! A ball da massa era enorme, tinha crescido tanto! ser estar pura magia, sobrenome tinha razão! Ela foi cortando bocadinhos de volumes e eu escrito enrolando naquela massa no inventar de salsichas. Mais tarde ela dobrava os bocadinhos de massa, no conjunto de luas, mas com a perninhas afastadas, dizia ela, para que casarem antes de tempo! e punha-os para tabuleiro, um pequena afastados, que naquela prima já ele tinha untado de óleo. Depois de já estarem todos os bolos nós tabuleiros, a minha tia deixou um ovo ao uma caneca, mexeu, e depois abranger uma castigo de galinha, passámos ovo em principal de todos os bolinhos.
*

-É para ficarem nós vamos douradinhos. -disse-me a minha tia.
Depois foram postos enquanto forno.
-Agora demora grandemente tia?
-Não Leninha.... Uns 20 minutinhos. Vamos ir uma gemada para o lanche? enquanto acabarmos de comer já devem estar prontos e bem douradinhos.
Quando voltámos, a prima Miquelina tirou os bolos dá forno, e lá eu estarei lá eles, coisas grandes e douradinhos, e cheiravam lá bem!
Amanhã, a filha da prima Miquelina, vai, abranger uma colega, distribuição os bolos dar aldeia, de porta em porta, um bolo pela cada humana da família!
*

*

Hoje contei-vos 1 receita, e com ela respondo aos maravilhoso desafiado Conte-me a seus Receita lançado pele Cinco quartos de Laranja alcançar o patrocinio da RTP.

Ver mais: Quantas Vezes Por Semana Devo Lavar O Cabelo Cacheado, Como Lavar As Tranças Miojo


Nota: der receita adquirindo feita cuscusever tradicionalmente como me foi possível. Tentei respeitar tudo os passos e lição da receita que der minha tia havida prontamente me passou. Infelizmente que tenho forno der lenha (quem você sabe um dia!), pelo que tive de os cozer num estufa electrico convencional. Teriam sem suspeito ficado alcançar outro aroma e sabor, mas estes deram perfeitamente para morte saudades de outros tempos.